• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Morre em São Paulo o dirigente sindical João Felício

Em decorrência de um câncer, o companheiro veio a óbito às 3 horas da manhã desta quinta-feira (19)

Publicado: 19 Março, 2020 - 15h12

Escrito por: CUT Rio

Divulgação
notice

É com muito pesar que comunicamos o falecimento do nobre companheiro João Felício. Além de professor, João Felício era um militante da classe trabalhadora a nível internacional. Foi por duas vezes presidente da APOESP (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), foi também duas vezes presidente nacional da Central Única dos Trabalhadores e presidente da CSI (Confederação Sindical Internacional), o maior órgão da organização dos trabalhadores em âmbito mundial.

Engajado há décadas na política, participou da vida partidária pelo Partido dos Trabalhadores, mas sua dedicação sempre esteve com o movimento sindical, onde começou sua vida de dirigente no ramo da cultura da APEOESP, maior sindicato de professores do Brasil.  

É significativo que João Felício tenha nos deixado na madrugada seguinte a primeira vez que os trabalhadores se manifestaram amplamente somente pelas redes, por conta da crise do Covid-19, pois sua luta sempre foi melhor entendida em momentos únicos, como quando liderou os esforços por uma nova lei de diretrizes e bases no início da década de 90 que revolucionou a vida dos profissionais da educação.

A Central Única dos Trabalhadores no Rio de Janeiro se solidariza com familiares e amigos e presta sua homenagem à história e obra de João Felício.

O velório ocorrerá à partir das 14h, no cemitério do Araçá e seu sepultamento ocorre às 17h no mesmo local.