• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Jovem preso por engano por ser negro é solto

Leonardo dos Santos só foi preso, pois foi colocado para reconhecimento com dois outros indivíduos de pele mais clara

Publicado: 27 Novembro, 2019 - 15h54

Escrito por: CUT Rio

Divulgação
notice

A justiça do Rio de Janeiro mandou soltar Leonardo dos Santos (27), que foi preso injustamente acusado de latrocínio de um outro jovem em um mercadinho de Pedra de Guaratiba. A soltura só aconteceu após familiares e amigos se unirem para coletar provas em video, mostrando que Leonardo se encontrava em casa na hora do crime.

O acusado foi identificado por quatro testemunhas em um processo controverso. Tendo o perfil do suspeito como um homem negro, a polícia o apresentou com dois outros homens de pele mais clara para reconhecimento.

O pai de Leonardo, Jorge dos Santos, diz que não quer apontar racismo, só compartilhar como foi dado o processo.

O jovem ficou uma semana preso, incluindo seu aniversário de 27 anos. Por preencher os padrões que se espera de um criminoso, sofreu fisicamente no encarceramento e foi exposto a uma realidade insalubre com ratos e percevejos que só não o morderam por “ajuda de Deus”

O acontecido se dá justamente no mês da Consciência Negra, mostrando que ainda temos muito o que caminhar como sociedade para que brancos e negros tenham o mesmo tratamento por parte das instituições.