• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

I Viradão Cultural Suburbano movimenta 20 bairros da região

Organizado por coletivos culturais locais, evento levará arte gratuita a duas dezenas de bairros durante mais de 30 horas ininterruptas.

Publicado: 07 Novembro, 2019 - 10h45

Escrito por: Viradão Cultural Suburbano

Divulgação
notice

O I Viradão Cultural Suburbano é um evento que, de mãos dadas com a pluralidade, reúne, entre outras atividades, mesas de debates, batalha de Slam, gastronomia, rodas de jongo, choro e samba, literatura, quadrilha, artes plásticas e cênicas. Serão inúmeras atrações, todas grátis, produzidas e custeadas colaborativamente por artistas e coletivos locais, distribuídas por 20 bairros. O objetivo do Viradão é dar visibilidade à potencialidade criativa do povo do subúrbio do Rio de Janeiro. Símbolos da capacidade de superação e do talento suburbano, Dona Ivone Lara, primeira mulher a compor um samba enredo; e Paulo da Portela, que, assim como Dona Ivone, foi figura destacada na luta contra o preconceito ao samba, aos sambistas e às sambistas, mais do que homenageados, são fontes inspiradoras do I Viradão Cultural Suburbano.

Os palcos montados para as apresentações do Viradão também homenageiam personalidades fundamentais para a cultura local. O Tia Surica fica em Cascadura, no Clube dos Suboficiais e Sargentos da Aeronáutica, onde ela, no sábado, primeiro dia do evento, comanda roda de samba, a partir das 14h. Na quadra da Portela, em Madureira, os homenageados são Mestre Darcy e Tia Maria; na praça Paulo da Portela, em Oswaldo Cruz, Xandu e Rubens Santana; e no Império Serrano, onde efetivamente ocorrerá a virada, com shows durante toda a madrugada, mestre Ivan Milanez, morto recentemente. Entre outras muitas atrações, tem roda de conversa com Luiz Antonio Simas falando sobre Boteco, patrimônio e Memória, em Cascadura, encontro de blocos no Parque de Madureira, debate sobre Escolas de samba e suas relações com a religiosidade, na Casa do Jongo, e ato contra o racismo religioso, domingo, a partir das 8h, com a participação de várias lideranças religiosas, na Portela. O Viradão só termina no domingo, com um grande baile, na Praça Paulo da Portela, em Oswaldo Cruz, a partir das 19h30, com as equipes Alma Negra e Black Power.

Segue, abaixo, a programação.

 

SÁBADO 9/11

Shopping Days (Av. Ministro Edgard Romero, 244 - Madureira)

9h - Roda de Conversa: Como cuidar da nossa saúde mental?

10h - Wagner Aguiar – Voz e violão

13h - Roda de Conversa: O Genocídio da Juventude Negra.

15h - Sergio Octaviano – Voz e violão

Mercadão de Madureira (Avenida Ministro Edgard Romero, 239 – Madureira)

10h – Vinny – Voz e violão

13h – Marcus Vinicius – Voz e violão

15h – Marcos Del Vaz

Baticum Butiquim (Rua Uruguai, 35 – Andaraí)

17h - Roda de Samba

Círculo Laranja (Rua Álvares Cabral, 505 – Cachambi)

9h - Feira Agroecológica

10h - Debate: Matrizes energéticas, autonomia e sustentabilidade.

Parque Madureira (Rua Soares Caldeira, 115 – Madureira)

10h - Debate: Escolas de Samba e suas relações com a religiosidade

13h - Debate: Cultura Suburbana e Roda de Leitura Infantil no Quiosque Moo.

15h - Desfile de Quadrilhas Infantis e Projeto Mestre Sala e Porta Bandeira.

17h - Apresentação da Inocentes da Caprichosos e Coração Batuqueiro

18h - Apresentação do Bloco O Baile Todo, Roda de Hip Hop e Morgado (Banda 1 KG)

Suburbô (Rua Sidônio Paes, 119 – Cascadura)

11h - Roda de conversa: Subúrbio, território inventivo . Com Matheus Carvalho, Karoline Duarte e Taty Maria

13h – Roda de conversa com Bruno Rico e Leandro Leal: Onde a Coruja Dorme?

15h – Roda de conversa com Luiz Antônio Simas e Vitor Almeida: Boteco, patrimônio e memória

18h – Dj Pedro Pajé com o melhor do som suburbano

Clube dos suboficiais e sargentos da Aeronáutica – Palco Tia Surica

(Av. Ernani Cardoso, 183 – Cascadura)

13h - Roda de Samba em Homenagem a Tia Surica com participação de Marquinhos de Oswaldo Cruz, Dorina e Bira da Vila.

Barreira do Vasco

13h - Apresentação de Banda Gospel e de Rock

15h - Show de Violão e Voz, Teatro, Dança

17h - Poesia, Literatura Infantil e Hip Hop

Espaço Mulheres da Pedra (Rua Saião Lobato, 138 – Pedra de Guaratiba)

9h - Workshop de Magia Cigana

Praça Paulo da Portela – Palco Xandu e Rubens Santana (Oswaldo Cruz)

18h - Esquenta da Virada com o Agbara Dudu – Várias atrações

Império Serrano  – Palco Mestre Milanez

(Avenida Ministro Edgard Romero, 114 – Madureira)

21h – Show do Viradão - Bloco D'água com Biguli do Monobloco

Marrone Voz e Violão, Banda Sangue Rasta, Lúcio Mauro e Convidados, Jeca São Five, Humberto Assumpção, DJ Mohamed, Gabriel, Encontro Percusssivo, Neco Trindade e Banda Relembrar.

Museu da Maré (Avenida Guilherme Maxwel, 26 – Maré)

18h – Teatro: Ela não se lembra mais – 33 anos contra o esquecimento

 

DOMINGO 10/11

Portela – Palco Mestre Darcy e Tia Maria

(Rua Clara Nunes, 81 - Madureira)

8h - Ato contra o racismo, com a participação de várias lideranças religiosas

9h - Café da manhã coletivo, servido pelo MST

10h - Feira agroecológica

11h - Roda de Choro com o Coletivo 100% Suburbano

Casa do Jongo (Rua Compositor Silas de Oliveira – Madureira)

Das 10h às 17h - Mesa de trabalhos acadêmicos: História e Sociabilidades. Fala de abertura com as professoras Ana Paula Alves Ribeiro e Sandra de Sá Carneiro, da UERJ e encerramento com palestra com os pesquisadores Luiz Antônio Simas e Rodrigo Faour sobre identidade musical suburbana.

13h – Feijoada musical

Suburbô (Rua Sidônio Paes, 119 – Cascadura)

11h - Debate: "Poder da Criação", com Will Freitas, Elias Alfredo, Fernando Procópio e mediação de Marcelo Santos

14h – Debate: “Desenrolos e Causos”, com Neliana Silva, Diego Bração e André Umotorista

15:30 – Histórias da vida de Cartola, com Pércio Mina ( autor de “Eu Sei Histórias Da Vida de Cartola”) e Ronaldo Oliveira

16h – Beco de Memória – As Escrevivências do Lugar, com Taís Espírito Santo, Vanessa Daya, Taísa Machado e Jurema Araújo

18h – Fanfarra Metais Pesados

Praça Paulo da Portela – Palco Xandu e Rubens Santana

(Oswaldo Cruz)

12h30 - Encontro de Percussionistas

13h - Apresentação dos Blocos Afro Agbara Dudu, Lemi Ayo, Filhos de Gandhi, Guerreiros da Guia, Orumnila

15h30 - Banda “A cara da rua”, com Bidu Cordeiro, dos Paralamas do Sucesso

16h - Banda Crommo 21, Gabriel Moura e Convidados

17h - Papo Rolha, Paulo Costa e Violão

19h30 - Baile de encerramento: Equipes Alma Negra e Black Power + Hip Hop

Espaço Resiliência (Rua Galvani, 52 - Vila da Penha)

14h - Roda de Jongo com Jessica Castro Vitorino

15h30 - Debate: Necropolítica. O Extermínio dos Corpos Pretos pelo Estado

16h - Roda de samba

Sulacap - Praça H (Rua Olímpio de Castro, 285)

15h30 - Projeto Plataforma Musical. Apresentação de músicas autorais com artistas locais e apresentação de dança, revivendo os grandes bailes dos anos 80 e 90.

Casarti (Rua Capitão Cruz, 741 – Cordovil)

17h - Geraldo Amaral Autoral Convida: Zen e Dinho Fonseca

Engenhão (Rua José dos Reis 425 – Engenho de Dentro)

Das 14h às 22h - Teatro do Oprimido, Teatro dos Destroiados, Cia Mova-se Afro Tribal, Grupo Zumba Fitness, Dupla Dance Happy Girls, Bloco Candombe da Pequena África, Bloco Maracatumba, DJ Negralha, DJ Marceloo, DJ TK8, Grupo de Dance Wannabe, Afrolaje.